Comentários


Rotiv - Manteigas

Olá :)
O Blogue dos Manteigas passou por aqui, via Rosmaninho da Serra :)
Um abraço,
http://bloteigas.blogspot.com/

29.Out.2008
Lena - Clermont-ferrand

Obrigada pela sua visita ao meu cantinho, assim vim descobrir quem é você e acabo por me sentir muito pequenina
Vi que é autor de livros; esses livros se encontram facilmente em Portugal em qualquer livraria ?
Ando sempre a procura de nova leitura, novos autores....
Um abraço

26.Set.2008
Paula Martins - Setúbal

Olá, descobri este seu cantinho através do blog de um amigo, desde já o meu muito obrigada pelo espaço criado onde se pode mergulhar no muito saber.
Cumprimentos
Paula Martins

15.Set.2008
Angela - Lisboa

Gostei muito de vir ao seu espaço. Gosto de andar informada. A minha vida noutras criatividades ocupa-me bastante e as notícias chegam-me com retardo...

23.Maio.2008

Caríssimo Viriato
Gostei da tua nova "casa" e de saber-te, de novo, ao alcance das palavras. Abração

05.Maio.2008
Júlia Coutinho - Lisboa

Li o teu livro Bocas de Cena e gostei muito. O que gosto na tua escrita, sobretudo nas tuas entrevistas é esse lado intimista, a forma como consegues entrar no mais íntimo da pessoa e como no-lo dás a conhecer. É um sentimento de proximidade que consegues estabelecer, tudo servido por uma enorme sensibilidade tua que se nota nos pequenos e grandes pormenores. Gosto deste sentido utópico da escrita: tentando dar, de todos, o seu lado melhor e mais humano, para além do já conhecido. A perseguição da utopia é um dos teus lemas que mais admiro, talvez porque tambem sou um bocado assim e infelizmente é habitual, hoje, depararmos com gente que fez o percurso utópico da nossa revolução, empenhadamente, e se tornaram depois seres amargos e desencantados, perderam a capacidade de sonhar e sobretudo de acreditar. Não consigo entender quem, como nós (tu tinhas 16 anos e eu 25) viveu e abraçou os ideais do 25 de Abril e hoje apenas consegue estar na política por pragmatismo, na senda de dinheiro/lucro e nas formas fáceis de os obter. São poucos os militantes de causas.

06.Abr.2008
Joao Balseiro - Ílhavo

A guerra civil de Espanha acabou e só passaram 69 anos, já não me lembrava. Obrigado Kompanheiro pela tua memória e por uma lágrima que me caiu no teclado depois de ver o vídeo com o poeta e o cantor.

02.Abr.2008
João Soares - Matosinhos

Caro Viriato Teles
Interessante trabalho desenvolvido e gostei muito do seu sítio.
Venho por isso informá-lo que adicionei-o ao meu blogue, no Dossier Terra Jornalística.
Será bem-vindo ao Bioterra.
Cumprimentos

04.Mar.2008
Zé do Telhado - Lisboa

Meu querido amigo:
Já há uns tempitos que não visitava esta "casa", mas gostei do novo arranjo e, obviamente vi o que se vai dizendo por aqui.
Aquele @bração do
Zé do Telhado

11.Jan.2008
Rosa Vieira - Ílhavo

Parabens pelo novo visual.
Desejo Um Ano 2008 melhor que todos os outros.

28.Dez.2007
Luís Filipe - Ílhavo

Queria só dizer que o excerto que se encontra no meu blog foi me apresentado por Carlos Clara Gomes num espectáculo em memória de José Afonso que ele produziu e em qual eu participei.
Abraços

24.Dez.2007
Pedro Moniz - Ílhavo

Olá, ainda te lembras de mim? O Pedro Moniz, o bombeiro, ah já te recordas.
Pois eu só ouço falar de ti, mas ver-te é que não, por isso visitei a tua página e acho-a óptima pois como se diz recordar é viver, vivi um bocadinho os anos 70 ao estar a ver as fotos. Pois, muitas felicidades e parabéns pelo teu sucesso.

30.Nov.2007
Carmen García - Jaén - Andalucía

En busca del Che Guevara llegué hasta aquí. Estoy impresionada con el testimonio de su nieto y me gustaría conocer mejor el libro. ¿Hay una edición en castellano?

14.Nov.2007
JP - Luanda

Gostei de conhecer esta página. O texto sobre a língua instrumento de prazer é genial! Fiquei com curiosidade para conhecer melhor o poeta e reparei que há um livro disponível, mas não sei onde posso encontrá-lo.
Infelizmente também não encontrei no site nenhum texto desse livro a não ser o prefácio. Será que não dá para disponibilizar um pouco mais, nem que seja só um bocadinho?
Obrigado.

14.Nov.2007
Joana Santiago - Porto

Descobri este site há pouco tempo e já está nos meus favoritos. Faz anos que deixei de saber de si, pois praticamente «desapareceu» das páginas dos jornais e é pena. Lembro-me bem das suas escritas no jornal Sete e das suas crónicas bem dispostas na TSF. Há tempos encontrei um livro seu com entrevistas, onde vem uma que me marcou especialmente, com Léo Ferré. Quando é que a publica aqui?
Parabéns pela sua persistência, e continue activo porque as suas palavras fazem-nos falta.

12.Nov.2007
Vera Santana - Lisboa

Lendo o q diz o José, não posso deixar de comentar q o velho Sigmund - não obstante a sua incompreensão da alma feminina - nos deixou um legado para nos conhecermos enquanto gente singular e social.
A luta dentro de 1 homem/mulher trava-se, por 1 lado entre o Eros e o Tanatos e, por outro, entre o princípio da realidade e o princípio do prazer. Complicado.
Para o Eros ganhar dentro de cada um/a de nós, forte, novo e vital, temos de dar tempo ao Tanatos para matar não só amores e desgostos moribundos como também zangas fundas, vivas e à flor da pele.
Ao mesmo tempo, temos de saber equilibrar o princípio do prazer que é a "chama" da Vida e o princípio da realidade que é chãmente o caminho para a não-morte, para a sobrevivência.
Tarefa difícil, a de viver e ser feliz! Tenho reparado que as tuas amizades escritas são, nos teus fóruns, essencialmente masculinas... Mas isso seriam outras lutas.
Beijo e Bonne Route!

11.Nov.2007
José

“Quando a luta de um homem começa dentro de si, esse homem vale qualquer coisa”

Robert Browning

24.Out.2007
Paulo Tojeira - Marinha Grande

Encantado. Fiquei encantado com este blog e com o que por aqui está. E pelas ideias frescas e com futuro.
Um abraço e... muita muita música que também é uma paixão p'ra mim.
www.tocandar.com

11.Out.2007
Hugo Alves - Costa de Caparica

Bravo, camarada, estou impressionado; anseio por ler o teu material, sobretudo o do Che. Houvesse tempo para isso - talvez daqui a 2 anos, qd, oxalá, o mestrado for já história.

27.Set.2007
Vieira da Silva - Gafanha do Carmo - Ílhavo

É bom revisitar-te nesta nova morada em que renasces com a luz e a cor de quem continua com a teimosia de se manter acordado. Um grande abraço deste velho amigo e companheiro.

16.Set.2007

Descobri o seu site faz algum tempo, ainda na versão antiga, gostei do que vi e do que li, esta passagem para um novo formato é de facto mais apreciável, mas no meu entender perde alguma originalidade, gostava mais dos conteúdos antigos.
Já comprei dois livros seus, espero que continue nesta estrada revolucionária.
Abraço.

10.Set.2007
Ka

Um abração pela perseverança.
Pela cosmética, não.

25.Ago.2007
Paulo Esperança - Porto

Companheiro: manda-me a foto em que estás com o meu "irmão" Zé Mário e com o "mestre" Alípio. Aquele abraço com a certeza que amanhã estaremos a beber um copo e a dizer mal de todos os nossos amigos que se foram embora sem nos avisarem!

23.Ago.2007
Sandra Bernardo - Caramulo

É bom sabê-lo de volta.

20.Ago.2007
JBotelho - Lisboa

Apareceu assim de repente sem avisar, mas ainda bem.

14.Ago.2007