Músicas da Europa na Antena 1

b_500_400_16777215_00_images_actual_i_love_europe_med_pt.jpg

A Antena 1 antecipa hoje a celebração do Dia da Europa (9 de Maio) com a transmissão ao longo do dia de música e canções de diferentes países europeus. Esta rubrica especial está distribuída por treze blocos de aproximadamente cinco minutos que serão emitidos a partir das 7h.

Escrita e apresentada por Viriato Teles com produção de António Santos, esta Praça da Europa integra composições musicais dos doze países que ficaram a constituir a então Comunidade Económica Europeia após a adesão de Portugal, em 1986: Alemanha, Bélgica, Dinamarca, Espanha, França, Grécia, Holanda, Itália, Irlanda, Luxemburgo, Portugal e Reino Unido.

Além de alguns temas clássicos da canção europeia são também transmitidas canções de autores e intérpretes menos conhecidos ou mesmo totalmente desconhecidos dos portugueses, em diferentes estilos e em gravações de diversas épocas entre 1928 e 2013.

Especial Dia da Europa
Autoria e edição: Viriato Teles | Produção: António Santos | 8.Maio.2015 | Antena 1

Mais sugestões de leitura

  • Viagem à Utopia do Che Open or Close

    (...) um livro singular escrito por um português raro: o jornalista Viriato Teles é o repórter que vai ao interior da utopia para dela nos dar conta no portentoso A Utopia segundo Che Guevara, editado pela Campo das Letras. (...) E Viriato Teles está em todo o lado, com o melhor que isso tem: em Havana, captando, para nos oferecer, as cores e os sons seculares; na Sierra Maestra, interpretando o berço e a mística da revolução mais romântica da História; junto dos que privaram com Che, ouvindo-os para nos dar a ouvir o que têm a dizer; na garupa de todos os ecos do guerrilheiro para nos convidar à reflexão; (...) na elegância das palavras, a um mesmo tempo objectivas e apaixonadas, que enformam uma prosa ardente para fazerem deste livro um objecto de culto.

    Ler Mais
  • O último ano antes da liberdade Open or Close

    Em Agosto de 1973, poucos em Portugal se atreviam a imaginar que aquele Verão morno seria o último passado em clima de ditadura. Não fosse o cinzentismo geral que então caracterizava o país, e os adolescentes de há 40 anos até teriam algumas razões para se sentir satisfeitos.

    QI | Diário de Notícias | 3.Ago.2013

    Ler Mais
  • Zeca em livro ao vivo Open or Close

    O José Afonso faria agora 80 anos. Mas este livro do Viriato Teles, em boa hora publicado em edição revista e actualizada pela Assírio e Alvim, não é uma homenagem póstuma. É um livro de José Afonso ao vivo, essencial para conhecer a vida, as ideias, a obra, (...) essencial para conhecer um homem singular: José Afonso. O homem que sonhava em cada esquina, um amigo, em cada rosto, igualdade. E a utopia de uma cidade sem muros nem ameias, capital da alegria.
    Leiam, divulguem, tratem bem este livro. O Viriato Teles e o José Afonso merecem.

    Ler Mais
  • Versos na margem da folha Open or Close

    Quem abra o livro e leia o prefácio afectuoso de Fernando Alves, não está preparado para um murro no estômago. Que não é um murro anónimo, tem título: Três Olhares sobre Manágua, um elogio à loucura nas noites claras de outro continente. (...) Mas neste livro de quase um cento de páginas, Viriato Teles visita a noite de muitas cidades, reencontra amigos enquanto desencontra revoluções e outros sonhos transgressores.

    Ler Mais