Praça da Europa na Rádio de Portugal

peurop1.jpeg

A Antena 1 inicia hoje a transmissão de uma nova rubrica diária, Praça da Europa, dedicada à divulgação de música e canções dos diferentes países europeus. Trata-se do primeiro espaço da rádio portuguesa inteiramente dedicado à produção musical dos países que integram a União Europeia.

Escrita por Viriato Teles, que também apresenta, com Augusto Fernandes, a Praça da Europa tem produção e sonorização de António Santos e vai dar a conhecer composições musicais de todos os géneros, oriundas dos 27 países que, com Portugal, fazem parte da União Europeia. França, Bélgica, Holanda, Luxemburgo e Itália são os países que se vai falar nesta primeira semana.

A Praça da Europa dará primazia a músicas e canções menos conhecidas em Portugal, mas vai dar igualmente atenção aos temas clássicos da canção europeia. Todos os dias, de segunda a sexta-feira, um pouco antes das 13h, com repetição antes do noticiário das 16h.

Praça da Europa
Autoria: Viriato Teles | Edição: Augusto Fernandes e Viriato Teles | Produção: António Santos | De 2ª a 6ª feira às 12:55 e às 15:55* | Antena 1
* Excepto às 5ªs feiras

Mais sugestões de leitura

  • A alma da música Open or Close

    E alguém me pede: canta.
    Alguém diz, tocando-me com seu livre delírio:
    canta até te mudares em cão azul,
    ou estrela electrocutada, ou em homem
    nocturno.


    Porque todos os pretextos são bons para trazer Herberto à conversa. E porque Mário Laginha criou um disco muito belo, idealizado e concretizado em visita à alma da música de Chopin na companhia de Alexandre Frazão e Bernardo Moreira. «Mongrel», o disco, teve o Prémio da Sociedade Portuguesa de Autores, e ainda bem. Partilhemos uma valsa.

    Ler Mais
  • Da importância de agitar a malta Open or Close

    Os dias e os meses que se seguiram à Revolução de Abril deixaram uma marca de empenhamento na música portuguesa que ainda hoje se faz sentir. A canção de intervenção revisistada por Joaquim Vieira no documentário "A Cantiga Era Uma Arma".

    A Cantiga Era Uma Arma
     RTP | Levoir | Público 2016

    Ler Mais
  • Cantando e Rindo - O humor na MPP Open or Close

    Está comprovado cientificamente que o sentido de humor tem numerosos benefícios para a saúde física e mental dos humanos: «Quando rimos, há uma reacção química no nosso cérebro que proporciona uma sensação de bem-estar, clareza de ideias e uma atenuação da dor», explicam os médicos. O humor também reduz o stress e provou-se que dez minutos de gargalhadas têm sobre o nosso corpo o efeito de cem voltas numa máquina de exercícios de ginásio. Os cientistas afirmam ainda que algumas células do sistema imunitário são activadas com o riso, que também ajuda à sua reprodução mais rápida.

    Cantando e Rindo - O Humor na MPP
    CMA 2002

    Ler Mais
  • Fausto Bordalo Dias Open or Close

    É um homem discreto e um artista exigente. Gosta de estar com os amigos e não volta costas a um arroz de lampreia nem a uma boa conversa. A música que faz situa-se num patamar superior do espectáculo, em Portugal e no resto do mundo, mas não é isso que o faz correr. (...) É assim o Fausto. Sereno, leal, intransigente em tudo aquilo que considera ser o essencial, tanto na vida como na arte – sendo que a arte é simplesmente uma forma superior de vida. É um homem de convicções – políticas, humanas, estéticas – mas nunca quis ser um homem de certezas. Amigo certo e adversário temível, mantém desde sempre uma relação de distância tanto com o poder político como com o poder mediático, e nunca se vergou perante nenhum. Porque há homens que não têm preço nem querem perder a honra: os homens dignos, como este.

    Ler Mais